sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Onigiri e cozido oriental à minha moda



O primeiro contato que tive com onigiri foi com a família de uma grande amiga minha, e me apaixonei tanto pelo sabor quanto pelo aspecto. Quem já experimentou sabe do que estou falando!

Mas o que acho mais bacana é a apresentação do prato, principalmente para as crianças. Conheço famílias que preparam as obentôs de seus filhos com tanto capricho e criatividade que chega a dar dó de comer, rsrs

É onigiri com carinha de hello kitty, vegetais em formato de estrela... tudo para que a criança tenha prazer no momento da refeição.

Por isso, desde que descobri estas características da culinaria oriental (porque tbm sou super fã da gastronomia indiana e chinesa), tento aproveitar ao máximo seus princípios e ingredientes no meu dia-a-dia. Nem sempre faço à risca, ou por falta de algum ingrediente ou por tempo mesmo, mas sempre tento incluir um toque oriental ao nosso cotidiano.

Pensando nisso, resolvi fazer um jantar diferente, e como tive visita em casa - leia-se Ana, Giulia e Malaca Man - foi mais divertido ainda!

O arroz foi preparado na minha suihanki (panela elétrica para arroz) que é igual a essa abaixo.


Como só faço gohan (arroz japonês) com ela, indico este site que explica como fazer sem a panela elétrica.



Ah! Como dei formato ao onigiri com um molde próprio, pesquisei um "passo-a-passo" para faze-lo à mão mesmo, assim não tem desculpa de não experimentar pela falta da panela =)

PS: importante moldar os bolinhos com arroz morno, senão não dá liga, ok? E eu fiz o tipo simples, sem tempero.


O cozido oriental à minha moda tem esse nome porque eu não tinha todos os ingredientes pra fazer um completo, com vagens, brotos de feijão e tudo mais, então adaptei com o que tinha em casa assim como o preparo.


Ingredientes:

1/2 kg de alcatra limpa cortada em tiras finas
1 cenoura cortada em lâminas finas
1 col café de Garam Masala
1 col café de coentro em pó
1 col sobremesa de sal
1/3 xíc de molho de soja
1/3 xíc de vinagre de arroz
1 col sopa de óleo de gergelim torrado
1 cubo de Golden Curry Medium Hot
1 maço de cebolinha picada
Água q.b. para cozimento (cobri a carne + 2 dedos inserindo à medida que apurava)

Corte a carne em tiras finas e deixe marinando por cerca de 30min. no shoyo, garam masala, coentro e vinagre de arroz.
Enquanto isso, faça o arroz e corte as cenouras e a cebolinha.
Depois dos 30min da marinada, coloque o óleo de gergelim numa panela funda, acrescente a carne com o molho formado e deixe fritar até reduzir.
Adicione a cenoura, sal e metade da cebolinha, frite mais um pouco pra pegar gosto e coloque a água para cozimento. Deixe apurar com a panela semi tampada.
Depois de uns 10-15min, coloque o cubo de curry e mexa até dissolver. Um pouco mais de água e deixe apurar novamente até que a carne esteja bem macia.
Enquanto isso, molde os onigiris e passe pelo furikaki* de sua preferência. Eu usei de legumes.
Quando o cozido estiver pronto, salpique o restante da cebolinha e sirva com os bolinhos e saquê =)

Fácil, delicioso e divertido. Fazer os bolinhos em família torna a refeição um momento de prazer, quase lúdico!

A Ana e a Giulia podem confirmar isso, foi uma verdadeira festa! Pra Giulinha principalmente, porque adorou o formato, o colorido dos bolinhos e a forminha de onigiri. Ficou brincando a noite toda com ela e com os hashis cor de rosa que havia comprado O/

É o que eu sempre digo: "Não basta cozinhar, tem que cativar" ;)


*Furikaki é um tempero japonês que se usa, principalmente, no arroz. É comprado pronto e tem vários sabores (ovo, legumes, peixe).



10 comentários:

Akemi disse...

Que post lindo, Sheila! Adorei suas explicações, seus oniguiris, seu refogado... hummmm! Tens mesmo alma de japonesinha, amiga! ;-)
Bjs e bom final de semana!

anna disse...

Explicaste tudo tão bem...
Boa sugestão para o fim de semana que está a ficar com cara de chuva...
Beijokas.

Aninha disse...

Sheilinha,

Olhando assim para o seu post de comida japonesa, me lembrei que faz um tempão que não faço em casa nada do gênero, que a minha panela de arroz não está esquecida há um tempão e de como é bom essa deliciosa brincadeira.
Bom final de semana para você!!
Bjocas.

Aninha disse...

Corrigindo...: Não está esquecida, não!! Está esquecida!! E como está...

Nina disse...

É uma comida que para mim tem gosto de casa de mãe....
bjinho.

Laurinha disse...

Super explicado, adorei seu post!
Beijinhos,

Eliana Scaramal disse...

Que lindo post! Adorei! Eu tenho duas panelas dessas uma é igual essa sua. :)

Dani Toré disse...

Adorei o capricho e o passo-a-passo.
Ficou lindo mesmo!!!

Sheilinha,
passa lá no meu blog. Tem um convite pra vc!

Sheila disse...

Akemi,
sério que ficaram bons?
Nunca tinha feito e morria e vontade de tentar... e deu certo! rsrs
Alma e coração de japonesinha... um dia vou para o JP se Deus quiser!

Anna,
obrigada! Realmente, com tempinho de chuva fazer esta refeição em família é ótimo =)

Aninha,
porque não aproveita para usar a panela abandonada então?
tadinha dela... rsrs

Nina,
fico imaginando como deve ser ter essas lembranças...

Laurinha,
que bom que ficou bem explicadinho =)

Lica,
sério? São super praticas neh? Sou apaixonada pela minha :P

Dani,
obrigada! Já passei lá e respondi.. amei =)

Anônimo disse...

Ai a Giulinha se sentiu "a cozinheira" te ajundando a moldar os bolinhos!Ainda bem que voce naum denunciou que eu tentei te ajudar e quebrei seu pote-japones-de-nome-dificil! Desculpa amiga!
Adorei nosso jantar!Beiju!